sexta-feira, 28 de maio de 2010

Sobre a OPA à PT

Um artigo de Miguel Camelo:

Outros "analistas" cujas "análises" o Público também transmite, convenientemente anónimos, provavelmente amigos dos seus amigos e - evidentemente - também da amiga destes, lembram que «a OPA da Sonae foi chumbada sem o Estado usar a 'golden share'», como se a golden share precisasse de ser usada doutra forma que não apenas como fermento duma bela amizade. A golden share é, grosso modo, como a bomba atómica, uma arma de dissuasão que, podendo ser usada em circunstâcias extremas, serve sobretudo para manter os "amigos" debaixo de olho. Basta lembrar que ela existe para que o efeito funcione - o que já irritou a comissão europeia.

[...]

Não foi a Sonae. Pode não ser a Telefónica. Pode ser que seja de podre, na rua, num dia de tempestade...


Esperemos que sim. Que caia de podre. E depressa.

1 comentário:

Dax Speculator disse...

Who cares?

Eu não queria a PT nem a 1€. Essa é a minha verdade, pura e crua. Há tantas boas empresas para comprar, para quê comprar uma empresa politizada cuja remuneração aos accionistas é no mínimo medíocre...?

Dax Speculator