quarta-feira, 13 de abril de 2011

Cá vos espero (III)

Depois do famoso "Espanha não é Portugal" que podemos considerar como o primeiro passo na admição da bancarrota os nossos vizinhos passam à segunda fase: pedir esmolas aos chineses.

Perto de 10 mil milhões sempre dá para qualquer coisa. Daqui a uns meses passaremos aos passos seguintes que envolverá uma queda do Governo e a óbvia culpabilização da oposição maléfica (não foi possível ainda determinar por método cientifico se "oposição" está mais acima ou abaixo na escala de "malvadez" do que os "especuladores", aguarda-se a qualquer momento uma resposta definitiva). Ainda assim aqui ao lado sempre há qualquer coisa que nós não temos: um mínimo de vergonha. Não resolve mas ajuda.

3 comentários:

Mundo Contemporâneo disse...

O artigo do Sr.º Fishman hoje do New York Times afirma indirectamente que Socrates estava a fazer um bom trabalho, e que os governos Socialistas tinham melhorado o nivel de vida dos Portugueses desde o 25 de abril. Ainda não sei se ele realmente é Socialista ... provavelmente sim.. :)

Nuno Branco disse...

Esse Fishman podia dedicar-se mais à pesca :P

Sérgio disse...

Por favor desliguem os telemóveis que o filme vai começar...
Só mais uma nota, apesar de já ter sido sugerido que Portugal seja anexado ao Brasil para solucionar os nossos problemas parece-me é que ainda vamos ser todos colónias dos chineses!